PIX movimenta mais de R$9,3 Bilhões em sua primeira semana de operação

PIX Bilhões Movimenta

O PIX foi lançado no começo de agosto deste ano (2020) pelo o Banco Central do Brasil (BC), ferramenta essa que iria melhorar e muito a vida bancária dos brasileiros (pra não dizer “revolucionar”)(isso pra mim, logico) e assim facilitando e muito as operações no dia a dia.

Os dados da primeira semana em funcionamento, foram divulgados nesta terça-feira (24/11/2020) através de uma live feita no canal oficial do BC no YouTube, através do chefe e o chefe-adjunto do Departamento de Competição e de Estrutura do Mercado Financeiro do Banco Central, Ângelo Duarte e Carlos Eduardo Brandtque você pode conferir a live logo abaixo eles contando com todos os detalhes de como a plataforma se comportou.

Até domingo passado (dia 22/11/2020) o PIX contava com 36,7 milhões de usuários cadastrados e mais de 83,5 milhões de chaves já registradas. Do total desses usuários, 34,5 milhões são Pessoas Físicas e registraram aproximadamente 79,8 milhões de chaves, já os 2,2 milhões que “sobraram” são Pessoas Jurídicas ou os famosos “PJ”, que foram responsáveis por registrarem aproximadamente 3,7 milhões de chaves no PIX. Tivemos também cerca de 4.390.252 milhões de chaves com pedidos de portabilidade.

Quais os tipos das chaves mais cadastradas no PIX

De todas as chaves cadastradas no PIX, tivemos a seguinte divisão:

  • 29,6 milhões usaram o CPF
  • 19,5 milhões usaram o número do celular
  • 18,7 milhões usaram chave aleatória
  • 13,8 milhões usaram o e-mail
  • 1,8 milhão usaram o CNPJ

BC confirma que o PIX está disponível 100% do tempo e conta com 762 instituições financeiras habilitadas em usar o PIX, sendo que 735 já fazem o uso dele. Ainda faltam 27 instituições financeiras estão se adaptando para aderir ao PIX, pois em um primeiro momento não cumpriram os requisitos técnicos para adesão, segundo o BC. Uma nova “janela” para adesão está prevista para acontecer a partir do dia 1º de dezembro de 2020.

Já está previsto para o próximo ano (2021) várias outras ferramentas, como o Saque PIX e o Boleto PIX por exemplo, fora que algumas empresas já disponibilizam pagamentos de fatura via PIX (Claro e TIM), cobrança para clientes PJ (Nubank), a liberação via BC para o pagamento de jogos da loteria e foi anunciado que o Serpro trará uma solução para o pagamento do GRU (Guia de Recolhimento da União). Muito provavelmente outras empresas e órgãos estatais vão agregar o PIX na forma de pagamento.

Nos vemos no próximo post, forte abraço!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*