Qual driver da NVIDIA devo usar no Linux – 2020

Qual Driver NVIDIA Instalar Linux 2020

Uma dúvida recorrente do pessoal que chega aqui no meu blog ou no meu canal, e que está tendo seus primeiros contatos com distribuições Linux, geralmente são usuários “donos” de placas de vídeo da NVIDIA, e sempre ficam na dúvida de qual driver utilizar para o seu modelo de placa. Assim eles vem pedir ajuda para instalar o driver mais indicado para extrair o melhor da sua GPU.

Explicação rapidamente a utilidade dos drivers bem instalados

Quando você instala uma peça nova no seu PC, ela ainda não é reconhecida pelo sistema operacional, sendo Windows/Linux/MacOS, assim precisando de uma espécie de “intermediador” para que essa peça nova possa funcionar de forma correta. Isso pode ser uma placa de vídeo, um mouse, monitor ou qualquer outra peça. Então, quando você for instalar algo novo no seu PC, sempre vai precisar de um driver para que ele funcione.

Como devo escolher o driver correto para a minha NVIDIA?

Hoje em dia instalar os drivers da NVIDIA no Linux é bem mais fácil do que em “eras glaciais” atrás, onde você tinha que compilar por horas o driver e torce para que a compilação e instalação dessem certo. Hoje, muitas distros já trazem os drivers de vídeo (ou binários) já pré-compilados nas suas ISO’s, como é o caso do Ubuntu ou das distros “que bebem da sua fonte dele”. Algumas trazem repositórios separados para isso, caso do Fedora e openSUSE, por exemplo.

Neste tutorial, vou mostrar como escolher o driver mais adequado para uma GPU mais antiga (GT640m) e uma mais nova (GTX960m). A primeira é do notebook híbrido do meu amigo Dio (Diolinux) e a outra é do meu famoso notebook híbrido também, mas a lógica vai servir para as placas de vídeos que forem instaladas em desktops.

Como eu disse mais acima, algumas distros já trazem o driver incluso no Sistema, facilitando assim a vida de quem tem uma NVIDIA. Com isso não é mais necessários PPAs ou baixar o arquivo “.run” do site da NVIDIA e “instalar ele na unha”.

Se você quiser uma instalação do driver proprietário de uma forma mais automática, no Ubuntu por exemplo, basta que você marque a opção de “Instale software de terceiros para hardware gráfico e Wi-Fi e formatos de media adicionais” durante a formatação, que a instalação do driver será de forma automática para você.

Lembrando que nesse caso é recomendado fortemente a desabilitar o Secure Boot da BIOS, pois com ele habilitado, podemos ter alguns problemas bem chatos para instalar os componentes da NVIDIA no seu PC.

Com os drivers devidamente instalados, agora é a hora de conferir se eles estão instalados corretamente.

Verificando se os drivers estão corretamente instalados

Ai você me pergunta, “mas se a gente marcou aquela opção na formatação, não era pra instalar de primeira??”. Então pequeno gafanhoto, sim, não ou talvez 😅.

Quando marcamos aquela opção, o sistema “”deveria”” por lógica instalar o driver correto, mas por alguma “conspiração do universo da NVIDIA”, pode ser que alguma coisa dê errado na instalação e aí, ao invés do driver proprietário ficar habilitado “chuchu beleza” é o driver open source, o nouveau 😒. Que para os dias atuais, serve basicamente para tarefas simples e leves. Então jogar ou renderizar vídeos e coisas do tipo, fora de questão.

Para sabermos se o “danado” do driver está instalado e habilitado corretamente, você vai precisar abrir o gerenciador de atualizações, e depois clicar em Drivers Adicionais. Ai você vai conferir se que o está marcado é o driver proprietário (marcado em vermelho) ou o driver open source nouveau (marcado em azul). Conforme a imagem abaixo mostra.

Como você pode ser visto, a minha placa de video tem suporte para os drivers proprietários que vão da série 390, 435, 440 e 450 ( que são os mais recente no repositório até o momento). Agora vem a pergunta de “R$1.000,00” 😅, mas qual escolher afinal? Bom, para isso, vamos usar o site da NVIDIA como “guia” e assim ver quais versões do driver estão disponíveis para serem usadas na minha placa de vídeo.

Como podemos observar, os driver destacados são os mais recentes dentro das suas séries (390.XX / 418.XX / 435.XX / 440.XX / 450.XX) e também podemos vemos as versões Beta que estão disponíveis. No meu caso, que tenho um notebook híbrido, vou ter que escolher o driver acima do 435.21, pois o suporte completo para essa tecnologia só está disponível a partir dessa versão dos drivers em que o suporte para a tecnologia offload.

Então, no meu caso vou escolher o 450 lá no gerenciador de drivers, e até o presente momento, o Ubuntu 20.04 e as distros baseadas nele, estão puxando o driver 450.80.02 por padrão. Se você quiser testar mais versões de drivers, vai ter que usar um PPA específico para isso.

Tenho uma plaquinha antiga da NVIDIA, como devo proceder?

Então pequeno gafanhoto, se você utiliza alguma plaquinha mais antiga, tipo a GeForce GT640m, você deve seguir a mesma lógica que ensinei logo acima e ver qual o último driver ela possui. No caso da GT640m, o driver 390.138 é o último, assim não possuindo suporte ao offload da NVIDIA (por enquanto).

Se a sua GPU for mais antiga ainda, pode ser que os drivers da série 340.XX ou 304.XX funcione, mas você pode encontrar vários problemas e bugs na instalação, ai recomendo você tentar usar o driver open source Nouveau, pois em tese nestes casos, ele consegue tirar melhor proveito das plaquinhas.

Um erro muito comum também, e é tanto feito por leigos quanto por “gente que manja”, é usar o driver “errado” na sua placa de vídeo achando que vai tirar mais proveito ou ter X tecnologias, infelizmente não é assim que a “banda toca”. Já vi gente usando driver da série 435.XX para cima em notebooks em que as GPUs não tinham suporte, e “”reclamarem”” que alguns recursos não funcionavam. Só fiquem atentos a isso.

Considerações finais

Muitos chegam com uma dúvida bastante comum aqui no blog, no canal e lá na Twitch, que é se “o meu PC roda tal jogo”, bom, existem N fatores para considerar, mas um deles é o modelo da sua GPU.

Se ele for muito antiga, provavelmente (quase que batata) que ela não terá suporte ao Vulkan e assim não poderá “tirar proveito” dos projetos como Proton e o DXVK/Wine, por exemplo. Agora, se a sua GPU for mais recente e tem o suporte ao Vulkan completo, então você pode ter muito êxito em rodar os games no seu PC. Tenho um tutorial de como preparar o seu PC pra jogatina, está bem legal ✌😀✌ .

A NVIDIA tem um site específico em que você pode consultar se a sua GPU tem ou não suporte ao Vulkan, que é o Developer Nvidia e aí vai constar todos os modelos suportados. Lembrando que a GPU precisa ter suporte ao driver da série 435.XX no mínimo.

Este tutorial galera tem como objetivo a dar aquela ajuda pra você, na hora de escolher a versão do driver da NVIDIA de forma correta e não de como fazer a instalação em si de fato, pois cada distro tem seus procedimentos recomendados. Mas, se você quiser baixar o .run e instalar na “unha e na raça”, basta seguir as instruções na seção “Informações Adicionais”, conforme mostrado na imagem abaixo.

Também fiz um vídeo mostrando como fazer, que você pode conferir logo abaixo.

Nos vemos no próximo post, forte abraço!

1 Trackback / Pingback

  1. Como turbinar o seu notebook no Ubuntu

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*